Valéria Gurgel
"Ficção, Romance, Emoção, Aventura e suspense"
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Anda depressa, que o mundo tem pressa!!!!

_Anda depressa que o mundo tem pressa!
_Mas quem tem pressa, come cru!!!
_E quem corre cansa!
_Mas quem cansa não alcança!
_E quem não alcança, não vive!
_E quem não vive, morre!!!
Nascemos já ouvindo essas frases em nosso cotidiano!
Depois nos perguntam:
_ Porque temos tanta pressa???
_Porque o mundo tem pressa, e não pode esperar!
Então, ande depressa!!! Não pare prá pensar!!!
_ Mas até onde vale a pena tanta correria??? Essa euforia de querer chegar em algum lugar?!!
_Que lugar?
Se as vezes, nem sei aonde quero ir! Nem sei como, nem prá que, nem por quê?!!
Só sei que tenho pressa!!!
Acordo com pressa!
Escovo os dentes com pressa!
Tomo café em pé!
Saio correndo e nem olho para os lados quando vou atravessar!
E quase sou atropelada ou atropelo os outros que também têm pressa de passar!
Chego ao trabalho, com pressa!
Eu tenho pressa de trabalhar, de almoçar, de conversar, de voltar prá casa!
Pressa prá tomar banho, pressa prá jantar!
Pressa prá sair prá estudar!
Volto de novo com pressa!
Tomo banho com pressa!
Deito depressa prá daqui a pouco levantar!
Tenho pressa que os dias passem depressa!...
A semana mais depressa ainda!
E assim a quinzena passa... Os meses passam... E o ano passa ainda mais depressa!...
Mas então prá que tanta pressa?!! Assim, vou envelhecer mais depressa!
Se tudo passa tão depressa e eu continuo tendo pressa???
Se com essa pressa, a cada dia menos vida me resta?!!
E isso eu nem percebo, pois tenho pressa!
Mas quando a morte tem pressa, nisso ninguém quer ter pressa prá pensar!!!

Valleria Gurgel
20/10/2010









Valéria Gurgel
Enviado por Valéria Gurgel em 26/10/2010
Alterado em 05/09/2012
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários