Valéria Gurgel
"Ficção, Romance, Emoção, Aventura e suspense"
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Alquimia dos sentimentos coloquiais

A arte nasceu pronta
Mais nada necessita acrescentar
Apenas a inspiração que é divina
Para colorir o preto e o branco de nossas vidas.


Desnudemos dos adereços vocálicos
Dos diplomas, dos dicionários
Das colocações verbais
Dos desenhos copiados
E das críticas dos mortais


Um papel rasurado, amassado, às vezes rasgado
Manuscrito sagrado das emoções sentidas
Vividas, sonhadas, escritas registradas
Não tem idade, nem vaidade
Se é mentira, se é verdade
O artista nasceu mudo
Sua arte fala por si


Não tem medo se o tempo invade
Ou mesmo se alguém apague
O que foi escrito, pintado, colorido
Desenhado, esculpido, entalhado
O universo acolhe essa emoção


O dom é nato
É cego aos olhos do mundo
É visível aos olhos de Deus
Não tem idolatria
Ser artista é ter a pura magia
Alquimia dos sentimentos coloquiais!


Valleria Gurgel
14 de Março de 2012.





 
Valéria Gurgel
Enviado por Valéria Gurgel em 14/03/2012
Alterado em 09/02/2014
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários